sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Falta pouco para o dia...

Falta pouco mais de 2 semanas para o miúdo vir ao mundo e alterar todo o meu mundo: as noites, os dias, a casa, o carro, o trabalho, os filmes, as musicas, tudo.

Se estou assustada? Claro que estou assustada .. Então vou ter um ser humano a depender de mim.

Quanto ao parto está marcada a cesariana, porque eu quero e porque a medica não vê inconveniente, aliás existem alguns benefícios para mim, devido a alguns problemas que já tenho e que poderiam ficar bem piores. Mas é engraçado que as únicas mulheres que percebem que nós mães grávidas temos direito a escolher ou são as que passaram por situações traumatizantes no parto ou são aquelas que fizeram a mesma escolha, porque todas a outras olham para nós como se fossemos extraterrestres egoístas que só pensamos no nosso bem estar e que somos más mães. Acham que só uma mulher que faz um parto normal é que sabe o que é ser mãe... Que as outras, como eu, que optam pela cesariana nunca saberão o que é amar um filho, pois não sofreram para o ter!
Mulheres, mães, deixem-se de coisas e não julguem as outras mulheres, porque sim eu sou medricas e se a medicina me permite ter o filho sem sofrimento e poder sair da sala de partos e estar com ele comigo sem estar esgotada é mesmo isso que eu quero. E não digam coisas do género  "Eu é que sou uma grande mulher, tive dois filhos de parto normal!".
Grandes mulheres somos todas, as que são mães, profissionais, são donas de casa e esposas, que ainda conseguem ter bom aspecto e conseguem ter uma vida social. Não sou apologista do sofrimento. Para mim ser mãe tem que ser aquilo que eu vejo nos olhos da minha mãe: um amor imensurável e não o sofrimento do parto!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

A menos de um mês da grande mudança

Sinto-me uma lontra, isso mesmo uma lontra gigante (mas acho que já digo isto desde os 5 meses).
Agora já sinto desconforto em estar muito tempo na mesma posição.
Preciso de ajuda para calçar as meias e as botas, porque não me consigo dobrar!
Durmo cada vez menos e ando cheia de sono.
Ando irritadiça, mas acho que o motivo passa pelo receio que se tem apoderado de mim só em pensar que o parto está mais próximo, eu não sou muito forte em relação ao dor e nunca fui operada e isso não me ajuda nada. Mas estou certa de que a cesariana será a minha melhor opção.

Estou curiosa para ver a cara do miúdo e saber se o nome lhe assenta bem.
Apesar de o sentir todos os dias a dar-me pontapés murros e afins, estou ansiosa por tê-lo no meu colo e aperta-lo bem. Não sou dada grandes manifestações de afecto com as criancinhas dos outros, mas com os meus sobrinhos sou uma chata melosa, e tenho para mim que com o meu pequeno ainda vou ser pior :D
Amanha saberei mais coisas dele a ver vamos com é que está aqui dentro se está a gostar da estadia na estufa ou se quer vir para fora mais cedo.


quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Coisas de uma gaja estranha e grávida!

As hormonas andam malucas, meus amigos!

Completamente sem nexo as minhas hormonas fazem-me sentir coisas estranhas e antagónicas!

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

E eu a pensar que isto passava...

Andava eu ansiosa por chegar ao ultimo trimestre de gravidez convencida que finalmente as tensões iam subir e  as tonturas e a fraqueza iam desaparecer... Mas enganei-me!

Continuo com as tensões baixas, basta passar mais vinte minutos sem comer, ou como hoje ter que ir fazer analises que fico mesmo mal disposta. Fraca, com dores de cabeça e zonza, com calores estranhos! No fim das analises comi, tomei um bom pequeno almoço mas não adiantou fiquei mesmo em baixo. Preciso tanto de adiantar o trabalho, mas sinto que hoje a única coisa que vou fazer bem é pousar a cabeça na secretaria e fechar os olhos!

Ai rapaz tu vais deixar-me toda destruída :)

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Já experimentaram a calma que uma boa musica nos dá?

Então ouçam esta de olhos bem fechados e subam à lua!