segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

....

Preciso de me rir...

Mas não tenho grandes motivos para isso...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Estado de Alma VI

Ai....

Ter que levar com arrogância de alguém que se acha superior e que é o rei dos "Chico-espertos" e não perder a cabeça e mandar a pessoa dar uma volta ao bilhar grande é coisinha para me dar a volta ao estômago, fazer subir uns calores e ficar com uma enxaqueca mesmo dolorosa...

Nem sei que apetece fazer...que tal mandar essa gentinha para o CARA...!

Eu detesto palavrões mas há gente capaz de me levar aos arames só pelo forma como fala comigo......

Há blog's que nos inspiram...

Infelizmente tenho uma amiga assim, super extrovertida quando está sozinha com as amigas, mas quando saímos todos juntos, as amigas com os namorados e eu com o meu marido (e namorado, claro está) ela muda...Fica mais calada, nem gosta de falar das coisas que nós já vivemos juntas, quando éramos só nós.

Não percebo o que a faz ser assim, mas acho que não lhe faz bem. Se a pessoa com quem partilhamos uma boa parte do nosso coração não gosta ou não é não capaz de viver com aquilo que somos seja sozinhos ou com amigos, então será mesmo essa a pessoa que merece a partilha?

 Não sei, tenho muitas dúvidas, mas como diz a Rita, será que nunca lhes cai a ficha?


Será que não se cansam de fingir? A situação mais estranha que nos aconteceu, foi um jantar em minha casa. Estava a dar um jogo da liga espanhola, então deixamos os homens juntos e fomos as quatro terminar o jantar e estávamos a relembrar as aventuras que nos fazem rir e/ou chorar, mas quando falávamos das dela tínhamos que falar mais baixo e o namorado dela ao fim de algum tempo vinha espreitar à porta da cozinha…Estava a invadir o nosso espaço, mas sobretudo o dela…Claro que falamos dos namoros da adolescência, das paixões que não passaram de simples olhares, mas e qual o problema será que alguém consegue não ter passado mesmo que não sejam namoros sérios são no mínimo “flirts” e os companheiros também têm os deles, ninguém morre por isso, nem ninguém tem que se chatear se gostarmos de relembrar algumas “ceninhas” que se podiam fazer antes dos 18 anos…

Isto deixa-me preocupada, pois só demonstra que existem homens muito mais novos que o meu pai, mas com uma mentalidade muito mais antiquada, mas pior que isso é que existem mulheres que vivem nessa situação, nessa farsa, nessa prisão…mas por quando tempo?


(Depois de ler a questão dela comecei a escrever e acabei por ter criar um post, afinal já ía muito longo o discurso, obrigada Rita, pela inspiração)

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

(notas soltas4)

Não "ir à bola" com alguém e ter que conviver com essa pessoa é muito natural, é até normal.

Mas ser capaz de afastar aquele "medo" que algumas pessoas nos causam só pelo olhar, é uma sabedoria.

Aprendemos que o medo dos fantamas é bem menor, do que o medo que essas pessoas nos causam, aprendemos a ver através delas para não vermos a maldade que escondem.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Por isso é que gosto tanto de blogs...

Há dias vi isto e como eu não gosto de lavar o cabelo de manhã, aventurei-me e comprei e só tenho a dizer que ADOREI.

Por 10 € não preciso de andar a prender o cabelo à pressa por causa daquele aspecto duvidoso...

Recomendo, já tinha utilizado outros produtos, mas este é mesmo muito bom.

E...

Hoje está um dia estranho...

Ao nascer do dia estava de um lado um sol radioso e do outro um céu escuro de nuvens a prometer chuva...

Não sei se vai chover ou se vai fazer sol, mas é mesmo bonito. O universo é capaz de nos surpreender todos os dias.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Estado de alma V

Hoje não sei que me deu, mas acordei cedo com vontade de me levantar e olhar o dia de frente.

É raro o dia em que isso acontece e eu enfrento a vida sem receio do que o dia me reserva, mas hoje acordei assim sem receios, sinto-me capaz de virar o mundo do avesso e enfrentar as consequências.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Deolinda "Um Contra O Outro"



Adoro...adoro!

Com a mudança de ano ando a pensar nisto...

Existem coisas que mesmo com a viragem de década não se esquecem... as amizades perdidas e traídas, as pessoas mesquinhas e sem princípios, que nos magoam, que nos fazem ter medo e pensar bem antes de de nos deixarmos conquistar por alguém..

Depois temos as outras coisas e pessoas que nunca mais queremos esquecer, aquelas que nos fazem sorrir em qualquer dia mais cinzento, que nos ajudam a superar medos, as pessoas que nos dizem as verdades na cara  porque sabem exactamente o que temos de ouvir, aquelas que nos abraçam "por tudo e por nada"...

E é isto...a viragem de década é isso mesmo...a mudança de de números na data, nada mais! as coisas más continuam lá, mas as boas também... Agora é só uma questão de tirar o melhor deste novo ano...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Estado de Alma IV

Depois de um longo e reflectido balanço sobre os objectivos para 2011, posso resumir nisto:

- perder 20 kg´s que tenho a mais,
- fazer exercicio regularmente (pagar a mensalidade do ginasio e só lá por os pés uma vez por mês nao conta),
- Chegar ao quarto de século sem rugas..
- Colocar o trabalho em dia,
- Fazer um estudo aprofundado sobre o SNC,
- Continuar sem filhos...
- Gozar mais e melhor o casamento, e deixar-me de "piquices",desde que ele deixe as dele...
- Cozinhar mais vezes ao fim-de-semana, sem pressas e com mais cuidado.
- Passar mais tempo com a familia e amigos.
- Acabar a pós graduação com uma nota decente (esta vai ser dificil).
- E por fim, escrever mais no blog...

E acho que é tudo!

Parece-me bem, mas vamos se isto se eu sou capaz...humm como diz o outro:"bamos a ber, bamos a ber".