quarta-feira, 12 de maio de 2010

E é isto!

Apetece-me procurar algo superior, algo que me eleve para além do que tenho e vejo. Mas sinto medo, medo das margens estranhas desse rio que é a vida… Procuro um espaço bem mais alto para o meu espírito, para a minha mente, onde possa estar e ver aquilo que não me pertence, mas que por algum motivo veio parar à minha vida!


Quero espaço, preciso de silêncio, preciso de me fechar dentro de mim e deixar-me ficar a ouvir a melodia do meu corpo…Aquela que nos faz viver a cada segundo!

E era isto já estava escrito há algum tempo, mas que eu ainda não tinha publicado! Não é por ser o momento nem a hora que me influenciaram na decisão de publicar, mas porque este é um desejo comum a todos os dias e hoje apeteceu-me...

 
(A foto é do meu fotografo favorito Alberto Calheiros, retirada do olhares.com)

Sem comentários: