quarta-feira, 16 de março de 2011

Estado de Alma IX

Às vezes acho que viver neste país é uma m*****!

Eu tenho trabalho, que me parece estar a ser pago dentro dos parâmetros, tenho uma casa com algum conforto, tenho carro já velhinho, mas que é uma maquina de guerra, resumindo posso dizer que apesar de toda a crise que nos afecta (enquanto portugueses) eu estou bem.

À minha volta as coisas é que já não estão assim tão bem...Há gente que trabalhou durante quase uma vida para ter as suas coisas, uma pequena casa, um carro e para criar os filhos e agora por causa de gente que não sabe o que é ter que meter apenas 10 euros de gasolina no carro vê-se numa má situação. Gente que tem que contar os trocos até ao fim do mês, gente que apesar de ganhar pouco mais do que o suficiente para sobreviver paga impostos, muitos impostos. Gente que trabalha desde os 14 anos e que agora com 55 pensa que provavelmente tem que mudar de ramo porque aquele em que trabalha bateu no fundo e também porque apesar de já ter os 40 anos de descontos necessários para a reforma, ainda só tem 55 ou 56 anos e com esta idade a penalização é elevada ao ponto de a reforma ficar reduzida quase a 50%.

Sim, estes problemas estão demasiado perto de mim, tão perto que dou comigo a pensar que tenho muita sorte: trabalho, pago empréstimo e impostos, e ainda tenho dinheiro para uma ida ao cinema (que está cada vez mais cara), ou para uma ou outra extravagância.

Mas e o futuro, e se amanha deixo de ter esta sorte, como se tenta traçar as linhas do futuro com tantas contrariedades à nossa volta?

1 comentário:

teorianasnuvens disse...

Isto está mesmo uma m**** de facto. Nunca vi as coisas baterem tão fundo e não sei onde vamos nós parar.. mas ver casos como esse é horrível.
Infelizmente encontram-se cada vez mais.