segunda-feira, 9 de julho de 2012

Da vida e do seu fim sem sentido

Acabo de saber que uma pessoa que eu apenas conhecia profissionalmente, aliás não conhecia, falava algumas vezes ao telefone, com quem já tinha tido as minhas piores discussões por causa de trabalho, mas também com quem resolvi os problemas mais cordialmente, faleceu...

Não há mais nada a dizer, era uma pessoa jovem, de cerca de 40 anos, e eu estou sem chão... da ultima vez que falei com ele estava em casa depois de ter sido hospitalizado durante uma mês por causa de uma pneumonia e agora soube que faleceu! O que pensar numa situação destas?


Este é um post sem comentários por respeito à vida, que terminou.