sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Quando temos que viver com a nuvem do cancro...

Ter uma tia materna com cancro da mama é doloroso e preocupante, mas saber que outra tia foi agora operada e tem que fazer quimioterapia devido ao mesmo problema é assustador, tendo em conta que a minha mãe anda sempre em vigilância e que foi operada três vezes a quistos benignos.

Parece que estamos mais a mercê dessa doença que destrói a auto-estima, o amor próprio e por vezes a família, que nos rouba a alegria.

Voltar de férias e ter esta nuvem sobre a família é desgastante. Estou atrofiada.
Nem consigo trabalhar! Que raio de vida estúpida...

Sem comentários: