segunda-feira, 8 de março de 2010

Duvida existencial


hoje acordei com uma duvida existencial...

Sendo eu uma mulher dos numeros, ligada a contas e formulas contabilisticas porque que sou um zero a fazer contas de cabeça???

Porquê que ja nem sei a letra da tabuada? (apenas me lembro da musica)

Porque que me sinto melhor a ler uma livro com 600 paginas? e me dá a volta ao estomago e ao cerebro quando tenho que estudar alguma coisa sobre as continhas das empresas???

Bem e depois lá veio uma resposta do fundo do meu ser que dizia assim:

Sou da era da inovaçao, da tecnologia, desde o 5º ano que uso maquina de calcular para as contas mais elementares! Comecei a mexer num computador com 15 anos e nunca mais fui a mesma...

Apesar de ser da ultima colheita que se lembra da rua sesamo, dos PUSHPOP, do Datarcao (agora que falei disto nao me esqueço mais da musica ate adormecer)daqueles monstrinhos pegajosos que saiam nas ruffles e apanhavam cabelo, cotão, mas que eu adorava atirar aos vidros do velhinho "Datsun", quando veio a tecnologia eu aderi a toda ela, telemoveis, calculadoras cientificas, computador, tudinho, ainda se lembram dos leitores de cassetes e dos enormes leitores de cd's portateis? pois é mas já sao passado!

Agora a tecnologia faz quase tudo por nós e os neuronios vao adormecendo! so ha uma coisa que eu nao consigo deixar: o cheiro de um livro acabadinho de comprar, que por acaso chega pelo homem dos CTT expresso,porque até as compras já se fazem pelo PC....

Bem a culpa é da tecnologia, só pode....vou começar a fazer a tabuada para exercitar o cerebro!!!!!!!

Sem comentários: