quarta-feira, 9 de maio de 2012

A coerência do ser humano.

A vida não se tolda por sentimentos básicos entre gostar ou não, a vida é muito mais complexa, mais completa. A vida mostra-nos que amar ou odiar, podem estar próximos, podem até estar juntos! Podemos gostar de alguém, mas podemos odiar algumas atitudes... Esses duplos sentimentos são o sinal da ambiguidade humana.
Por vezes pedimos coerência a quem nos rodeia, mas será o ser humano um ser coerente? Quando se ama e se odeia ao mesmo tempo somos coerentes?



(post sem sentido, mas que me deu prazer escrever)

4 comentários:

lena disse...

São sentimentos opostos mas andam muitas vezes de mão dada. Vai-se la perceber.
Beijinhos grandes.

Pérola disse...

O ser humano pode e é muita coisa.Coerente? Na realidade, conhecendo todos os pormenores, não conheço quem o seja. Há sempre argumentos e bases pare sermos capazes de quase tudo.
No entanto, o equilibrio éd esejável.
Um beijinho.

Joana disse...

Por essas coisas é que a vida não é só a preto e branco, há todo um conjunto de cinzentos ;)

Beijinhos!

lovely.alter.me disse...

A vida podia ser fácil e coerente mas também seria chata ;) acredito que é possível ser-se coerente amando e odiando desde que se seja coerente naquilo que acreditamos. Fiz-me entender?? uhmm... vidinha e raciocínio difícil!!! Lol