segunda-feira, 16 de abril de 2012

Coimbra, tem muito encanto!

Seja à chegada ou na hora da despedida!

Já tinha ido algumas vezes  a Coimbra, ao Portugal dos pequeninos, à universidade e já tinha passeado nas margens do Mondego, mas era bastante nova e na minha visita à universidade tinha 12 anos, acho eu! Por isso este fim de semana por lá foi bom... Não fui ao Portugal dos pequeninos, fiquei-me pela cidade, pela quinta das lágrimas, e depois uma visita à cidade de Conimbriga! 

Ora no sábado saímos de casa pela 11:30 h da manha em direcção a sul, e pelas 13h fizemos a nossa primeira paragem obrigatória: Mealhada! Não há viagem ao sul que não obrigue a uma paragem nessa terra tão linda com um prato típico ainda melhor! Comi leitão, com aquelas batatinhas fritas, comi também salada e reguei com um bom vinho da região! Pelas 15 h fizemos o check-in e rumamos ao centro da cidade, a pé... No meio de  chuveiros e algumas abertas lá subimos a cidade pela Sé velha e depois de muito andar lá chegamos às Faculdades! Pelo meio desta caminhada, existiram escadas típicas, sons coimbrenses! Casas mesmo belas, uma cidade capaz de nos deixar com saudades! Por fim chegamos às faculdades e não sei se é por ser a cidade dos Estudantes, mas eu senti-me bem ali, como se pertencesse àquele lugar... Algo que liga aquele espaço e me faz sentir em casa! Sempre sonhei estudar lá, mas infelizmente não pude, não foi financeiramente possível, mas ali está toda a paixão, a tristeza, a nostalgia e a alegria de um estudante! Bem é mesmo algo que me ultrapassa, todo o sentimento e sabedoria que as paredes da faculdade de Direito exprimem, não sei porque, mas eu pertenço ali!

Depois lá descemos pelo jardim botânico e iríamos conhecer muito mais, não fosse um grande chuveiro que nos obrigou a correr até um abrigo! Quase que descemos as escadas do Quinchorro, mas não fomos capazes, aquilo é mesmo assustador e viemos mesmo pela estrada! Mas quando chegamos ao fim da escadaria e olhamos para cima tivemos a certeza que foi uma óptima ideia não vir pelas escadas, porque se um escorregasse os outros três vinham arrastados! 
Voltamos ao carro e fomos então para o estádio apoiar um clube excepcional, que perdeu, mas que venceu só por ter chegado à final: o Gil Vicente!! Só tenho um reparo a fazer ao São Pedro: Para teres dado aquele chuveiro no inicio do jogo, mais valia tares quieto, molhaste as cadeiras todas e depois nem mais uma pinga??? Foste mau, muito mau!
Depois do jogo jantamos e voltamos ao hotel era 1h da manha! Cansados e com sono!

No Domingo após o pequeno almoço fomos à Quinta das Lágrimas, onde a natureza e arte estão em harmonia onde a cidade ao fundo é emoldurada por um quadro verde! Adorei a quinta, quando for rica vou passar um fim de semana lá! Mas continuando, para dar um bocado de graça à viagem aventuramo-nos no mundo do golf! Batemos 50 bolas a dividir pelos quatro, deu que rir até doer a barriga, foi lindo as cenas que fizemos, as vezes que o taco, não acertava na bola, as vezes que a bola ficava pelo1º metro, quando o objectivo era passar pelo menos os 50m, de qualquer forma fiquei a gostar de dar umas tacadas no golf, faz bem! Relaxa, agora sim percebo os BusinessMen's!
Ainda fomos conhecer o penedo da saudade, nunca pensei que fosse possível um sitio tão calmo transmitir tantos sentimentos! Mais uma vez adorei, senti-me bem, o vento, as letras escritas, a marca do tempo que foi deixada por quem lá passou torna aquele sitio magico e vista sobre a cidade é algo de extraordinário!
Almoçamos e ainda fomos à antiga Conimbriga, não me quero repetir, mas aquele lugar tem historia e eu pertenço ali! sinto-me em casa! Aqueles mosaicos, aquelas pedras, as historias, há tanto para ver e sentir! Eu confesso que sou uma louca por historia moderna e actual, mas há algo naquelas paredes que fez do nosso país o que é hoje! Um país de valores, com coragem para ser melhor e com capacidade da dar sempre a volta por cima!

E assim terminou a nossa viagem a Coimbra, chegamos a casa por volta das 18:30, cansados, mas eu vinha mesmo feliz. Adoro conhecer, mas adoro sentir os espaços, conhecer uma cidade exige que sejamos capazes de nos sentir naquele lugar!

Coimbra dos amores, das canções, tem todo o encanto para nos fazer sentir em casa e sobretudo para querer voltar!

Espero não vos ter maçado, ainda não tenho fotos no pc, mas prometo que vou partilhar algumas fotos convosco!

5 comentários:

Joana disse...

Olá! :D

A mim não me maçaste nada, li tudinho toda contente e senti-me mesmo como se estivesse lá :D Eu fui a Coimbra pela primeira vez o ano passado (na Queima das Fitas) e gostámos tanto que este ano vamos novamente (no dia 5, só faltam três semanas iupi) :D É um facto que quando chegamos a Coimbra sentimos como se não houvesse espírito académico em mais lado nenhum que não ali :D

É bonito e muito comovente, e percebo perfeitamente o que queres dizer, porque eu também me senti muito bem lá :D

Ainda bem que gostaste, que te divertiste e que correu bem :D

Beijinhos!

Pizza disse...

Que óptimo fds Filipa!
Estou ansiosa para ver as fotos :D
beijinhos

Ema disse...

Olá Filipa

Fico contente por ser já uma inspiração, eu que criei um blog não para dar mas para receber essa inspiração. Espero que leves calmamente o teu objectivo em frente porque isto só lá vai mesmo com muita calma...!

Eu adoro Coimbra, conheço bem, os meus filhos nasceram lá e acho uma cidade cheia de encantos! Sempre que lá vou sinto-me transportada para os tempos de estudante embora nunca lá tenha estudado...

Beijinhos e uma boa semana para ti.

lena disse...

Olá Filipa.
Que programa fantástico. Gosto muito de Coimbra acho uma cidade linda e cheia de encantos. Também gosto muito do Portugal dos pequeninos tenho de levar la as crianças porque o mais novo ainda não conhece, a mais velha conhece e gosta. Gosto muito de Conimbriga, do jardim da Sereia etc... Claro que o Leitão está incluido (adoro...)
Beijinhos grandes.

Anónimo disse...


Great depth :o

my website - http://journal-cinema.org/